Sertão Coffees
PREPARO E MANEJO
O Grupo Sertão está a mais de um século produzindo café nas montanhas da pequena cidade de Carmo de Minas. Uma área naturalmente dotada de condições privilegiadas como solos férteis, altitudes elevadas que variam entre 900 e 1400m e um clima favorável, que somadas ao cuidado e manejo na produção, apresenta cafés com perfis de qualidade distintos e atributos físicos e sensoriais únicos. Características que foram responsáveis pela nota recorde de 95,85 pontos (em uma escala de 0 a 100) concedendo ao Grupo o mérito de melhor café do mundo em 2005 pelo Cup of Excellence feito pela BSC (Associação Brasileira de Cafés Especiais).
Museu do Café
DESCUBRA O PREPARO DO MELHOR CAFÉ DO MUNDO
blue_muffin

01 - Plantio

Plantio

As áreas destinadas ao cultivo são áreas nobres. O tipo de solo com boa física associado ao declive, proporcionam condições favoráveis ao cafeeiro e consequentemente a obtenção de melhor qualidade final do café.

light_pink_muffin

02 - Tratos culturais

Tratos culturais

Além de ser naturalmente dotada de características excepcionais relativas ao clima, solo e altitude. As lavouras ainda recebem tratos culturais completos. Isto é, adubações, granulado de solo, folheares e etc.

light_pink_muffin

03 - Florada

Florada

A floração do café esta diretamente ligada à umidade, varia segundo a média de precipitação de uma determinada região. Floradas próximas colaboram para a maturação homogênea dos grãos.

light_pink_muffin

04 - Maturação

Maturação

As características locais como solo, clima e topografia, permitem ao cafeeiro condições diferenciadas no período de formação e maturação dos frutos, influenciando positivamente o desenvolvimento e a concentração dos componentes químicos, principalmente os açúcares.

light_pink_muffin

05 - Colheita seletiva

Colheita seletiva

A colheita é seletiva, basicamente manual devido à topografia e parcialmente mecanizada com a utilização de derriçadeira motorizada manual, sempre no pano para evitar que os grãos entrem em contato com a terral. É realizada em duas colheitas ou única.

light_pink_muffin

06 - Rastreabilidade

Rastreabilidade

A rastreabilidade é essencial para o controle de qualidade, pois é através dela que pode-se acompanhar todo o histórico do grão.

light_pink_muffin

07 - Lavagem e sepação úmida

Lavagem e sepação úmida

Logo após serem limpos nos lavadores densimetricos, ocorre o processo de separação mecânica dos grãos verdes simultaneamente ao despolpamento dos grãos maduros .

light_pink_muffin

08 - Processo - Natural

Processo - Natural

O fruto “passa” ou seco é mantido com a casca e é conduzido para a secagem integralmente (casca, mucilagem, pergaminho e grão). Permitindo a transferência do sabor adocicado da mucilagem e agregando corpo e doçura aos grãos.

light_pink_muffin

       Processo - Cereja Descascado

Processo - Cereja Descascado

Também chamado simplesmente pelas iniciais “CD”.Retira-se a casca e parte da mucilagem do fruto maduro, no despolpador. O café é conduzido para a secagem com parte da mucilagem, o pergaminho e o grão. O resultado de um café descascado é uma bebida mais aromática, rica em sabores, homogênea, limpa (isenta de grãos verdes) e com a preservação dos mais complexos sabores dos grãos maduros e colhidos no período de maturação ideal.

light_pink_muffin

09 - Seca lenta e homogênea

Seca lenta e homogênea

Os grãos são espalhados em pátios cimentados onde são removidos constantemente, a secagem é feita de forma gradual e homogênea. O uso de pré secadores e secadores é também utilizado para que o grão possa atingir o teor de umidade ideal de aproximadamente 11%.

light_pink_muffin

10 - Tulha de descanso

Tulha de descanso

Os cafés descascados, após secos, são depositados em tulha apropriadas revestidas em madeira onde permanecem cerca de 30 dias.

light_pink_muffin

11 - Beneficiamento e armazenagem

Beneficiamento e armazenagem

O café é beneficiado na fazenda e em seguida transportado para a Cocarive (Cooperativa regional dos cafeicultores do Vale do rio Verde) onde é feita a classificação e armazenagem final.

white_muffin

12 - Classificação e degustação

Classificação e degustação

Ambos os processos são realizados na Cocarive e na exportadora Carmo Coffees. São utilizados para avaliar a consistência dos lotes de café já ensacados e armazenados. São realizados, respectivamente, os seguintes testes: medição do teor de umidade, análise sensorial e análise visual para detecção de defeitos físicos nos grãos.

white_muffin

13 - O resultado

O resultado

Eis aqui a receita de um café campeão.

Girolando
Sertão
GRUPO SERTÃO
Rua Padre Cardoso, 82 - Sala 1 - Centro
Carmo de Minas MG - Brasil - CEP 37472-000
Grupo Sertão © 2017
Todos direitos reservados • GSB2